Gnosis x Plantas de Poder

Livro: “Logos Mantram Teurgia – Samael Aun Weor”

Capítulo 8 – Saídas Astrais

“Não são poucos os estudantes que perderam totalmente suas faculdade com os maus hábitos e costumes que tiveram em suas reencarnações passadas. E agora sofrem o indizível porque, apesar de conhecer todas as chaves gnósticas, não conseguem sair conscientemente em Corpo Astral. Nas selvas do Amazonas e do Putumayo existe uma planta portentosa chamada “Yagé”. Os Piachis das tribos tomam esta planta em infusão mesclada com “Guarumo” e saem em Astral. Se um estudante gnóstico que não tenha a faculdade de sair conscientemente em Astral beber esta infusão, instantaneamente logrará o ‘desdobramento’ consciente. E se a utilizar diariamente durante algum tempo irá adquirir a faculdade de “Astralizarse”. Depois, mesmo sem beber a infusão, não a necessitaria, pois se instalaría nele essa faculdade permanentemente.”

Peiote

“O Peiote ou Juculi é uma planta sagrada da Grande Loja. Este cacto tem o poder de despertar a clarividência instantaneamente naquele que o mastiga. O peiote permite também a saída consciente em corpo astral. Basta mastigá-lo. Infelizmente, é absolutamente impossível se encontrar o peiote autêntico na capital da república mexicana. Os Mestres do templo de Chapultepeque usam este cacto para suas astralizações instantâneas e urgentes. Até na parte Austral dos Estados Unidos da Norteamérica, seu nome científico é LOPHOPHORA WILLIAMSII. Só é encontrado em Potosi ou em Chihuahua ente os índios tarahuamaras da serra.”

Livro: “Matrimônio Perfeito de Kinder – Samael Aun Weor”

Capítulo 4 – As Sete Igrejas

“Os índios do Amazonas utilizam o “Yagé” para despertar a clarividência.Os Aztecas usam o “Peyote”, planta mexicana que os índios do norte utilizam para despertar a clarividência momentaneamente. Todas essas plantas conseguem um momentâneo despertar da clarividência, mas a clarividência contínua, transcendental e realmente positiva só se consegue praticando Magia Sexual com a esposa.”

Livro: “A Montanha de Juratena – Samael Aun Weor”

Capítulo 7 – Os Tempos do Fim

“Outra noite, a mais pura, a mais calada… O velho místico aproveitando o sono de seu corpo, abandonou sua envoltura corpórea e se foi aos mundos superiores. Aqui no México nós temos o Peyote, um cactus maravilhoso. Mascando-se este vegetal se desperta a clarividência instantâneamente e então podemos sair em corpo astral com plena consciência. Lá na América do Sul existe o famoso YAGÉ que nos permite sair em astral. Essa planta só se consegue nas selvas do Amazonas ou nas planícies orientais.”